ॐ O.S.G.۞ GoAdelic Freaks Mov.ॐ

“Obrigado a todos os seres iluminados de sorrisos que fizeram desta reunião mais um fim de semana marcante nos nossos corações… Obrigado a todos sem excepção…” Nelson Salgado.

“…Venho aqui deixar um agradecimento muito grande à minha família goadélica (GFM), que trago comigo, bem pertinho no coração, desde 2012. Vocês sabem (nós todos sabemos) quem são. ❤ Gente grande e pura que dá tudo por tudo e para todos. ” Psara Marrecas.

“Obrigado a todos seus traquinas, pelo fim de semana mágico que vivi. Não falha, é sempre bom e deixa sempre saudade, o que vale é que é todos os anos!”  Eduardo Pires (Kinnara).

“Senti-me como nunca tinha sentido… Parecia estar num local criado para Seres Especiais e Almas do Bem, o que não sinto em mais nenhuma festa ou festival! E, por isto mesmo, este ano regressei à montanha. 🌲🍀✨”… Fico feliz por ver que todos (ou quase todos) contribuem para um Solo Sagrado limpo onde podes andar com o pé descalço!E não menos importante: Onde não são precisas normas de segurança, para que não haja assaltos.” Catarina Torres.

Foi assim…

No parque das Mestrinhas, em Vila Nova, Freguesia de Miranda do Corvo, abraçado a norte pela majestosa Serra da Lousã, aconteceu o encontro místico entre amigos, família e simpatizantes do Goa Trance, da cultura psicadélica e dos apaixonados pela mãe Natureza: O Old School Gathering 2017.

Pela sétima vez, o encontro sagrado aconteceu no primeiro fim-de-semana de Junho, e desta vez teve que superar algumas batalhas, devido às restrições impostas face à preciosidade da sua localização.  É actualmente é considerada património biológico e reserva natural, que estimula a nossa visão imaginária com a diversidade e pureza do seu solo, e através do seu odor a natureza. A resina dos seus pinheiros espalhada por todo o lado mistura o imaginário com real, um simbiose perfeita envolvida pela música orgânica de abelhas, pássaros, e o vento… Sim o vento, que sopra os Aerogeradores Eólicos (Ventoinhas/Cata-Ventos) e faz lembrar o som das ondas do mar. Sem dúvida um cenário perfeito! Psicadélico e “Detox” como a nossa Tribo gosta.

Foi maravilhoso!…Mais uma vez podemos contar com a presença de artistas e amigos das mais diversas vertentes artísticas, este ano o destaque principal foi das lojas de artesanato e da maior variedade de restaurantes. Bem como vários talentos na área da música que com as suas homenagens/tributos ao Goa Trance, torna este encontro tão especial… Depois de todas estas maravilhosas experiências, não há muito mais a dizer, viemos todos de alma leve…

E caso não seja possível outras edições do OSG neste local, desejo que cuidem bem dele, e que o mantenham limpo de forma a prevenir os incêndios.

Em relação à pegada ecológica da malta do OSG, nunca vi uma Festa tão limpa em toda a minha vida, e sei que o Parque das Merendas ficou muito melhor depois do Evento.

Por isso, espero que as suas restrições sejam para o bem todos, e pela sua preservação.

OSG para sempre! As imagens falam por si…

ॐ O.S.G.: O mais importante é o Dance Floor…

ॐ O.S.G.: Não são DJS, são Poetas 🙂

Ed Aedo Kinnara Live Old School Gathering 2017

ॐ O.S.G. 7.ª Ed.: Um dos Panos de Pedro Miguel Cabrita Feijão

Artista plástico, que colabora em vários eventos do panorama Psicadélico em Portugal, os seus trabalhos são muito autênticos e os seus traços muito genuínos tornando o seu trabalho inconfundível.
Partilha esta ideia e inspira os outros ^_^
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *